Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Engenharia de Materiais: Conheça um pouco mais sobre essa profissão!

As engenharias estão entre os campos de atuação profissional que mais oferecem ramos diversos. Dentre eles está a Engenharia de Materiais, que se dedica ao estudo de elementos que podem ser usados para a realização das atividades industriais e na construção civil.

Engenharia de materiais

Assim, ela atua de forma a auxiliar as demais áreas da engenharia por meio do desenvolvimento de materiais que lhe sejam mais favoráveis.

Os profissionais dessa área encontram um mercado de trabalho receptivo e que apresenta grande demanda aos seus serviços, uma vez que eles podem promover maiores lucros e produções mediante a criação de materiais mais baratos ou rentáveis e seguros. Veja abaixo maiores detalhes sobre essa profissão e o curso universitário referente a ele.

Dica: Faça sua graduação na Estácio. Conheça agora os cursos https://matriculas.estacio.br!

Conheça a carreira do profissional de Engenharia de Materiais

Conforme indicado acima, esse ramo da engenharia se dedica ao desenvolvimento de novos materiais que podem ter fins diversos. Porém, como se dá o trabalho e a prestação de atividades dos seus profissionais diariamente?

O engenheiro de materiais, ou seja, o profissional graduado nessa área é responsável pelo desenvolvimento de novos materiais com o auxílio de ligas metálicas e, também, de combinações de matérias primas diversas.

São diversos os aspectos que devem ser considerados pelos profissionais nas oportunidades em que desenvolvem novos materiais para uso industrial e na construção civil. Dentre eles é possível citar a resistência necessária aos impactos, assim como a exposição ao calor ou ao frio. Maleabilidade e finalidade do material também devem ser consideradas.

Para o desenvolvimento desses materiais, aliás, faz-se preciso que sejam promovidas combinações que envolvem ligas de materiais em processos químicos que exigem, portanto, que o engenheiro tenha pleno conhecimento sobre as matérias primas utilizadas.

Esse conhecimento inclui saber como reagem a certas temperaturas e também quando combinados com outros produtos. Além disso, seu manuseio deve ser cuidadoso, o que o profissional da área é plenamente capaz de fazer.

Engenharia de materiais

Ele pode atuar, assim, em diversas áreas abarcadas pela Engenharia de Materiais. Na área de cerâmicas, por exemplo, esse profissional presta atividades com o propósito de desenvolver novos materiais cerâmicos.

Outro ponto importante é que esse engenheiro possui conhecimentos que lhe permitem avaliar e desenvolver outras utilizações para os materiais já existentes. Portanto, eles trazem novas possibilidades à indústria ao apresentar inovações de produtos e de usos.

Também, o engenheiro de materiais pode atuar no controle de qualidade na produção da área de cerâmicas. Desde já, assim, é possível se concluir que esse profissional possui atribuições diversas, podendo atuar em diversos ramos.

Quanto à área de metais, o profissional dessa modalidade de engenharia pode atuar no desenvolvimento de novas ligas metálicas e também na melhora daquelas ligas já existentes.

Tudo isso, aliás, depende da necessidade de uso dessas ligas, o que é considerado pelo engenheiro no processo de desenvolvimento ou aprimoramento de uma liga.

Uma das principais indústrias de atuação do profissional de Engenharia de Materiais, aliás, na indústria de metal mecânica, que por sua vez engloba as fabricantes de produtos metálicos, assim como de siderúrgicas e metalúrgicas.

No que diz respeito ao campo de polímeros, a atuação do engenheiro de materiais se dá no desenvolvimento de novas ligas de polímeros, ou seja, de plástico. Dessa maneira, torna-se possível criar plásticos com características diversas.

Outro material que faz parte da família de polímeros e que têm aplicação do engenheiro de materiais é a borracha, e também as resinas e acrílicos.

Mercado de trabalho para os profissionais da Engenharia de Materiais

Dentre os ramos que permitem a atuação do engenheiro de materiais estão os de energia, automotiva, de mineração e química, bem como de bens de consumo.

Essas indústrias, por sua vez, representam as maiores produtoras do Brasil, de forma que oferecem um amplo mercado de trabalho para os profissionais da área. Cabe destacar que os empregos na área também costumam oferecer bons salários.

Perfil do engenheiro de materiais

Sabendo-se quais são as possíveis atribuições de um engenheiro da área de materiais, cabe entender qual é o perfil desse profissional e quais são os indivíduos que são mais indicados para seguir nesse ramo promissor.

Uma vez que as atividades demandam conhecimento e promoção de processos químicos e físicos, assim como testes e garantia de capacidade, o curso de Engenharia de Materiais é indicado para aqueles que têm grande interesse nas matérias de química, física e matemática.

Além disso, o interesse pela pesquisa também é importante, pois a depender da carreira que o profissional deseje seguir dentro dessa área, ela será intransponível.

Portanto, quem possui facilidade e interesse nas matérias exatas e grande interesse por tecnologias e desenvolvimento tecnológico pode ser um ótimo candidato a se tornar um engenheiro de materiais!

Existem diversas universidades no país que oferecem o curso que, por sua vez, possui 5 anos de duração. Por fim, a atuação do profissional na condição de engenheiro, após a graduação, depende da certificação perante o CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia).